Amazonas by Viverde
Visite o Amazonas

English

Español

CONSULTA

Serviço de reserva para hotéis de selva


Os pacotes nos hotéis de selva incluem basicamente: transporte (Manaus-Lodge-Manaus, exceto Mamirauá, que tem saída de Tefé), alimentação (exceto bebidas), excursões guiadas nos idiomas inglês/português (caminhada na selva, focagem noturna, pescaria, visita à casa de caboclos e passeios de canoa); variando de local, características de hospedagem e método de trabalho em cada hotel de selva.

Os pacotes não incluem bilhetes aéreos, hospedagem e passeios em Manaus, despesas extras, seguro de viagem e bebidas.

Para solicitação de serviços e reservas use: Planeje sua viagem.


Mamirauá - Pousada Uacari
Fotos by JP Borges Pedro, Brandi Jo Petronio, Pedro Nassar, Eduardo Coelho e Marcelo Santana.
" Programas exclusivos.
Clique para conhecê-los! "
Ecoturismo
Programa de ecoturismo.
Ver onças
Programa observação de onças.
Ver pássaros
Programa observação de pássaros.
Tirar Fotos
Programa para fotografia.

Photos by Marco Eichmann.BIRDWATCHING TOURS

Imersão total para entusiastas por aves

A Amazônia é um dos principais destinos para birdwatchers de todo mundo. Com um alto número de espécies endêmicas, torna-se um destino fantástico como poucos outros. As características únicas da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, uma imensa área de floresta de várzea protegida, transforma esta área em um intrigante local para o avistamento de pássaros típicos deste tipo de ecossistema. Existem diversas espécies que só podem ser avistadas, por exemplo, em ilhas do Rio Solimões. A Pousada Uacari oferece a possibilidade de conciliar o conforto de uma hotel flutuante totalmente integrado a esta paisagem e o contato com pesquisadores e guias especializados, que podem fornecer toda informação que um birdwatcher precisa.

Photos by Eduardo Coelho. Por que escolher esta experiência?

Aventurando-se na várzea você poderá:

- Maravilhar-se com a Cigana ou Jacu-Cigano (Opisthocomus hoazin). É um pássaro super original, com movimentos desajeitados, um penacho cheio de estilo e um quê de ruminante: ele consegue digerir folhas graças às bactérias de seu sistema digestivo.
- Ver e rever o Mutum-Piuri (Crax globulosa), endêmicos da floresta de várzea: avistado no alto das árvores, ele chega a 82 cm de comprimento.
- Enxergar detalhes (e colocar à prova o conjunto ótico do binóculo), mesmo do diminuto Rabo-de-Espinho (Discosura langsdorffi), um dos menores beija-flores do Brasil - e ameaçado de extinção.
- Sonhar com o encontro com o Gavião-Real (Harpia harpyja), a mais forte e uma das maiores aves de rapina do mundo - dificílima de avistar.
- Divertir-se com pulinhos pelo chão do raro Socoí-Zigue-Zague (Zebrilus undulatus).
- Além de poder avistar várias das 362 espécies de pássaros da Reserva Mamirauá.

Na estação da seca ou na estação da cheia?

Diferentes oportunidades para birdwatchers de acordo com a estação:

Na estação da cheia (maio - julho) os melhores avistamentos são feitos com canoas. Com as trilhas alagadas, o passeio é feito perto da copa das árvores e as aves ficam muito mais próximas, empoleiradas ou em pleno voo.
Durante a estação da seca (agosto - abril) os pássaros que se alimentam de peixes, como as garças (Ardeidae) e os biguás (Phalacrocorax brasilianus) podem ser vistos em grande número. As revoadas do bando são impressionantes.

Birdwatching Tour - Programa de 04 noites

Photos by JP Borges Pedro. Os visitantes serão recebidos no aeroporto de Tefé e seguirão para o porto da cidade. Lá pegarão um barco que os levará para a Pousada Uacari. Depois de viajar pelo rio Solimões por mais ou menos uma hora, entrarão no canal do Lago Mamirauá. Nesse caminho já é possível avistar tangarás-cabeça-amarela (Agelaius icterocephalus), iratuás-grande (Gymnomystax mexicanus) ou iraúnas-veludo (Lampropsar tanagrinus), além de animais aquáticos como o boto (Inia geoffrensis) e o tucuxi (Sotolia fluviatilis).

Photos by Marcelo Santana.
É ali que a Pousada Uacari flutua integrada à paisagem da várzea amazônica. Está estrategicamente localizada numa área riquíssima em fauna, próxima à cabeceira do Lago Mamirauá, que dá nome à Reserva. Essa grande área de preservação protege mais de 1.124.000 hectares de floresta, rios e lagos e é habitat de diversas espécies raras e ameaçadas, algumas dessas encontradas somente dentro dos limites da reserva, como os impressionantes macacos uacari de cara vermelha (Cacajao calvus calvus) e o macaco-de-cheiro-de-cara-preta (Saimiri vanzolinii). A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá não é somente um projeto bem-sucedido de conservação, mas também um projeto pioneiro que integrou a população local no trabalho de preservação da floresta de várzea. Além disso, trabalhos de pesquisa nas mais diversas áreas ocorrem por toda a Reserva, produzindo conhecimento sobre a Várzea e a sua biodiversidade.

Como a paisagem em Mamirauá muda tanto durante o ano, a programação também é adaptada ao nível da água para que o visitante aproveite da melhor maneira sua estada. Seguem abaixo itinerários para as estações de seca e de cheia:

Dia

Itinerário - Seca (agosto - abril *)
1o. Dia Após o check-in, os visitantes explorarão os arredores da Pousada Uacari passeando com um pequeno barco a motor. Alguns pássaros já poderão ser observados nessa tarde, como por exemplo os papa-cacaus (Amazona festiva), as curicas (Gaydidascalus brachyurus), as arirambas-de-barba-branca (Galbula tombacea) e as arirambas-do-paraíso (Galbula dea), além de vários outros animais.
2o. Dia Antes do café da manhã o visitante já terá a possibilidade de fazer um pequeno passeio: nesta hora do dia os pássaros estão em plena atividade! Depois do café da manhã uma trilha será percorrida a procura dos pássaros mais impressionantes da Várzea, como os urus (Capito aurovirens), os tucanos-assoviadores (Ramphastos tucanus), os murués-de-crista (Sakesphorus canadensis) e o raro mutum-piuri (Crax globulosa). Na trilha é possível encontrar as incríveis preguiças (Bradypus variegatus), os sonoros guaribas (Alouatta seniculus) e os endêmicos uacaris (Cacajao calvus calvus). Durante a tarde uma trilha diferente será visitada. Adentrando na várzea outros pássaros poderão ser avistados, como o arapaçu-grande (Nasica longirostris) ou o arapaçu-ferrugem (Xiphorhynchus necopinus). Com alguma sorte até é possível avistar o esquivo socó zigue-zague (Zebrilus undulatus). Depois do jantar está programado um passeio de canoa para avistamento de pássaros de hábitos noturnos.
3o. Dia Nesta manhã descobriremos mais uma trilha da várzea, das 14 possíveis. Teremos a chance de procurar por outras espécies, como o mutum-fava (Mitu tuberosa), joão-bobo-de-boné-vermelho (Bucco macrodactylus), gavião-de-perna-vermelha (Leucopternis schistacea), formigueiro-chumbo (Myrmeciza hyperythra) e outros. Durante a tarde o grupo visitará o Lago Mamirauá. No caminho até a cabeceira do lago é possível avistar uacaris (Cacajao calvus calvus), jacarés-açú (Melanosuchus niger) e também os alencornes (Anhima cornuta), as ciganas (Opistocomus hoazin) aos bandos, periquitos-estrelinha (Brotogeris sanctithomae) e os pica-paus-de-peito-pontilhado (Chrysoptilus punctigula). O cenário mais amplo da cabeceira do lago apresenta um pôr do sol impressionante, cheio de tons de amarelo, vermelho e rosa refletidos na água como em um espelho. Já será noite na hora do retorno e mais uma vez os visitantes terão a chance de avistar pássaros noturnos como os mães-da-lua (Nyctibius grandis), corujas-pretas (Ciccaba huhula) ou as corujinhas-amazônicas (Megascops watsonii)
4o. Dia Neste dia a manhã será dedicada à observação de pássaros nas margens do Rio Solimões, especialmente nas ilhas do rio. Certas espécies habitam unicamente este tipo de ambiente, como por exemplo os arredios-de-peito-branco (Cranioleuca vulpecula), os joão-de-barriga-branca (Synallaxis propinqua) e os joão-de-canarana (Certhiaxis mustelinus), os joãozinhos (Furnarius minor) e os formigueiros-preto-e-brancos (Myrmochanes hemileucus). Já as áreas gramadas das beiras podem abrigar papinhos-amarelos (Piprites chloris), caboclinhos-de-peito-castanho (Sporophila castaneiventris), os curiós (Sporophila angolensis) e os estrelas-do-norte (Sporophila bouvronides). A tarde será dedicada a explorar outra trilha.
5o. Dia Nesta última manhã os visitantes terão tempo para um pequeno passeio antes do café da manhã. Após essa refeição o check-out será realizado e os visitantes seguirão para a cidade de Tefé. Serão deixados no aeroporto para retorno a Manaus.
*A programação pode variar conforme o nível da água a cada ano e conforme o tamanho do grupo.

Photos by Pedro Nassar. Espécies atrativas possíveis de serem avistadas nas atividades
- Seca/enchente (agosto - abril)

Barco a motor: Crax globulosa, Porphyrio Martinica (mais provável de janeiro a abril) e Amazona festiva

Focagem de jacarés e aves noturnas: Nyctibius grandis, Nyctibius griseus e Tyto alba

Trilha na Floresta de Várzea: Crax globulosa, Zebrilus undulatus, Galbula tombacea, Capito aurovirens, Ramphastos tucanus, Ramphastos vitellinus, Picumnus lafresnayi, Nasica longirostris, Sakesphorus canadenses, Dendroplex kienerii e Schiffornis major.

Canoa nos canais dos rios: Crax globulosa, Amazona festiva, Ramphastos tucanus, Ramphastos vitellinus e Gymnoderus foetidus.

Trilha em ambientes de ilha: Cephalopterus ornatus, Myrmochanes hemileucus, Furnarius minor (facilmente avistado na comunidade Caburini), Certhiaxis mustelinus e Cranioleuca vulpecula.

Lago Mamirauá: Anhima cornuta, Agamia agami, Amazona festiva, Opistochomus hoazin, Gymnoderus foetidus, Certhiaxis mustelinus e Cranioleuca vulpecula.

Focagem no retorno do Lago: Cochlearius cochlearius, Hydropsalis leucopyga, Hydropsalis climacocerca, Nyctibius gandis, Nyctibius griseus e Tyto alba.

Trilha Noturna: Nesta atividade é raro o avistamento de aves, sendo mais propícia a observação de insetos e aranhas.

Outros atrativos desta época: jacarés-açu e jacaré-tinga.

Dia

Itinerário - Cheia (maio - julho *)
1o. Dia Após o check-in, os visitantes explorarão os arredores da Pousada Uacari passeando com um pequeno barco a motor. Alguns pássaros já poderão ser observados nessa tarde, como por exemplo os papa-cacaus (Amazona festiva), as curicas (Gaydidascalus brachyurus), as arirambas-de-barba-branca (Galbula tombacea) e as arirambas-do-paraíso (Galbula dea), além de vários outros animais.
2o. Dia Antes do café da manhã o visitante já terá a possibilidade de fazer um pequeno passeio: nesta hora do dia os pássaros estão em plena atividade! Depois do café da manhã os visitantes visitarão, em um barco a motor, o canal do Apara. Esta área abriga diversos animais e aves, como as impressionantes ciganas (Opistocomus hoazin), típicas da Várzea, ou os urus (Capito aurovirens), os murués-de-crista (Sakesphorus canadensis) e o raro mutum-piuri (Crax globulosa). Este canal também é um excelente lugar para encontrar as incríveis preguiças (Bradypus variegatus), os sonoros guaribas (Alouatta seniculus) e os endêmicos uacaris (Cacajao calvus calvus). Durante a tarde os visitantes entrarão na floresta de Várzea alagada, passeando com pequenas canoas a remo perto do topo das árvores, procurando pelo arapaçú-grande (Nasica longirostris) ou o arapaçu-ferrugem (Xiphorhynchus necopinus). Com alguma sorte até é possível avistar o esquivo socó zigue-zague (Zebrilus undulatus). Depois do jantar está programado um passeio de canoa para avistamento de pássaros de hábitos noturnos.
3o. Dia Nesta manhã descobriremos mais uma trilha da várzea, em área diferente. Teremos a chance de procurar por outras espécies, como o mutum-fava (Mitu tuberosa), joão-bobo-de-boné-vermelho (Bucco macrodactylus), gavião-de-perna-vermelha (Leucopternis schistacea), formigueiro-chumbo (Myrmeciza hyperythra) e outros. Durante a tarde o grupo visitará o Lago Mamirauá. No caminho até a cabeceira do lago é possível avistar uacaris (Cacajao calvus calvus), jacarés-açú (Melanosuchus niger) e também os alencornes (Anhima cornuta), as ciganas (Opistocomus hoazin) aos bandos, periquitos-estrelinha (Brotogeris sanctithomae) e os pica-paus-de-peito-pontilhado (Chrysoptilus punctigula). O cenário mais amplo da cabeceira do lago apresenta um pôr do sol impressionante, cheio de tons de amarelo, vermelho e rosa refletidos na água como em um espelho. Já será noite na hora do retorno e mais uma vez os visitantes terão a chance de avistar pássaros noturnos como os mães-da-lua (Nyctibius grandis), corujas-pretas (Ciccaba huhula) ou as corujinhas-amazônicas (Megascops watsonii).
4o. Dia Caso o nível da água permita, esta manhã será dedicada à observação de pássaros nas margens do Rio Solimões, especialmente nas ilhas do rio. Certas espécies habitam unicamente este tipo de ambiente, como por exemplo os arredios-de-peito-branco (Cranioleuca vulpecula), os joão-de-barriga-branca (Synallaxis propinqua) e os joão-de-canarana (Certhiaxis mustelinus), os joãozinhos (Furnarius minor) e os formigueiros-preto-e-brancos (Myrmochanes hemileucus). Já as áreas gramadas das beiras podem abrigar papinhos-amarelos (Piprites chloris), caboclinhos-de-peito-castanho (Sporophila castaneiventris), os curiós (Sporophila angolensis) e os estrelas-do-norte (Sporophila bouvronides). A tarde será dedicada a explorar outra trilha, perto da Pousada Uacari.
5o. Dia Nesta última manhã os visitantes terão tempo para um pequeno passeio antes do café da manhã. Após essa refeição o check-out será realizado e os visitantes seguirão para a cidade de Tefé. Serão deixados no aeroporto conforme o horário do voo 2831, para retorno a Manaus.
*A programação pode variar conforme o nível da água a cada ano e conforme o tamanho do grupo.

Photos by Marcelo Santana. Espécies atrativas possíveis de serem avistadas nas atividades
- Cheia/ vazante (maio - julho)

Passeio de barco no Apara: Crax globulosa, Amazona festiva, Opistochomus hoazin, Galbacyrhynchus leucotis, Ramphastos tucanus, Ramphastos vitellinus, Gymnoderus foetidus e Sakesphorus canadensis.

Passeio de Barco: Ara macao, Porphyrio Martinica, Amazona festiva, Capito aurovirens, Ramphastos tucanus, Ramphastos vitellinus e Gymnoderus foetidus.

Canoa na floresta de Várzea: Galbula tombacea, Capito aurovirens, Ramphastos tucanus, Ramphastos vitellinus e Nasica longirostris.

Lago Mamirauá: Anhima cornuta, Amazona festiva, Opistochomus hoazin, Gymnoderus foetidus, Certhiaxis mustelinus e Cranioleuca vulpecula.

Focagem no retorno do Lago: Hydropsalis leucopyga, Hydropsalis climacocerca, Nyctibius gandis, Nyctibius griseus e Tyto alba.

Outros atrativos desta época:

- o macaco-uacari-branco é um pouco mais fácil de ser observado, principalmente nos passeios de canoa dentro da floresta.
- o bicho-preguiça é observado com mais facilidade de fevereiro a maio.
Espécies raras de se observar: Harpia harpyja, Pteroglossus azara, Picumnus lafresnayi, Myrmotherula assimilis e Pipra filicauda.


SAÍDAS & TARIFAS 2016 Individual ou Duplo
Birdwatching Tour (Segunda a Sexta)
Qualquer época do ano
Individual R$ 4.900,00 / Duplo R$ 3.490,00 por pessoa

ATENÇÃO:
Por questão de segurança, apenas crianças acima de 12 anos serão aceitas. Não são é permitido animais de estimação.
Casos de cancelamentos serão analisados e taxas de cancelamento escalonadas: Mais de 30 dias do check in 25% do total + R$ 500 taxa de serviço. Entre 1 e 30 dias 40% do total + R$ 700 de taxa de serviço. Não comparecimento 50% do total + R$ 1.000 de taxa de serviço.
Cada passageiro poderá levar no máximo 15kg de bagagem.

Pacotes incluindo: Transporte (Tefé-Mamirauá-Tefé), acomodação na Pousada Uacari em quarto superior com pensão completa diferenciada (inclui lanches para trilhas e 1 garrafa de vinho por noite/grupo), bebidas (água, suco, café e chá), excursões conforme o programa com lancha exclusiva e guia exclusivo para birdwatching.
Não inclui: Passagem aérea (Manaus-Tefé-Manaus), outras bebidas, hospedagem e outras despesas em Tefé ou Manaus, qualquer tipo de seguro, serviços de lavanderia e tudo que não estiver descrito como incluído.

Para solicitação de serviços e reservas use: Planeje sua viagem Volta para hotéis de selva Topo

Index | Hotéis | Hotéis de Selva | Cruzeiros | Info & Reservas | English Version | Versión en Español
Todos os direitos reservados para Amazonas by Viverde, 1996/2016