Amazonas by Viverde
Visite o Amazonas

English
Español
CONSULTA
PromoçõesErê Anavilhanas
(7 dias)
Erê Ariaú
(6 dias)
Erê Ecopark
(5 dias)
Erê Tupana
(7 dias)
Erê Iberostar
(6, 7 ou 10 dias)
Informações turísticas


O Estado do Amazonas (1.577.820,2 km² de área absoluta) abriga a maior floresta equatorial do planeta, sua bacia hidrográfica ( 6.217.220 Km² ) possui mais de 20 mil km de vias navegáveis. Seus principais rios são o Amazonas, o Negro, o Solimões, o Purus, o Juruá e o Madeira.

A população do Estado (Amazonense), amável e acolhedora, está estimada em 3.332.330 hab. sendo 48 % vivendo em Manaus (Manauara ou Manauense), e uma densidade demográfica de 2,06 hab./km² (2006).

Possuem hoje duas expectativas de economia, a Zona Franca criada em 1967 e o turismo ecológico em franco desenvolvimento. Alguns polos de mineração, agricultura, pecuária e extração racional de madeira vêm se desenvolvendo.
Localização Geográfica do Amazonas Localização Geográfica da Capital (Manaus)
Latitude:
Extremo Norte - 2o08'30"
Extremo Sul - 9o49'00"
Longitude:
Extremo Leste - 56o04'50"
Extremo Oeste - 73o48'46"

Latitude: - 03o 06'07"
Longitude: - 60o01'30"

O Amazonas está situado no centro da Região Norte do Brasil, limitando-se ao norte com o Estado de Roraima, Venezuela e Colômbia; a leste com o Estado do Pará; a Sudeste com o Estado do Mato Grosso; ao sul com o Estado de Rondônia e a sudoeste com o Estado do Acre e o Peru.

O clima é Tropical quente e úmido, a temperatura média de 31,4 o C, a estação das chuvas é de Dezembro a Maio, e a cheia do rio Negro tem seu ponto máximo em meados do mês de Junho, a maior vazante no mês de Setembro. A pluviosidade média mensal na Capital é de 210 mm.

Seu relevo caracteriza-se pela ocorrência de terras firmes, planas e baixas. As elevações são encontradas nos limites com Roraima e a Venezuela, onde encontramos as serras de Itapirapecó, Imeri, Urucuzeiro e Cupim. Nesta área verifica-se a presença do Pico da Neblina (3.014 m), ponto mais alto do Brasil.

A planície Amazônica é formada de:
* Várzeas e Igapós ( Planície de inundação )
* Terras Firmes

A vegetação é densa e heterogênea, de uma biodiversidade fantástica, abriga espécies ainda desconhecidas da ciência, recobrindo 90% da superfície da área do Estado. Apresenta os seguintes tipos florestais:
* Floresta Perenifolia Paludosa Ribeirinha - mata de várzea (inundada em determinados períodos).
* Floresta Perenifolia Hileiana Amazônica - mata de terra firme.
* Mata de Igapó - sempre inundada.
Para outras informações visite Informações Científicas.

Sua capital - Manaus, foi uma das primeiras no país a possuir energia elétrica, teve seu apogeu na época da borracha (Hevea Brasiliensis), quando os "Senhores da borracha" investiram em exuberantes monumentos arquitetônicos como o Teatro Amazonas e o Porto Flutuante.

Manaus, cujo nome é alusão aos índios Manaos que habitavam a região, situa-se na margem esquerda do Rio Negro, próxima ao encontro com as águas do Rio Solimões, cujas diferenças em suas características da água (temperatura, densidade e velocidade) proporcionam um espetáculo de alguns quilômetros, onde as águas dos Rios Negro e Solimões deslizam lado a lado para formarem o Rio Amazonas.

O fuso horário é de -1 hora em relação ao horário de Brasília (O Estado está fora do horário de verão, quando isso acontece o fuso passa a ser de -2 horas), os bancos funcionam das 9:00h às 15:00h horário local.

Informações adicionais:
* Nos estabelecimentos comerciais (hotéis, bares e restaurantes) se cobra 10% de taxa de serviço.
* Energia elétrica 110V.

Culinária: Baseada em frutas tropicais, peixe e farinha de mandioca ( 3 receitas típicas ).

Alguns locais interessantes que merecem uma visita são:

- Teatro Amazonas, Mercado Municipal, Palácio Rio Negro e Museu do Índio.
- Bosque da Ciência (INPA)
- Visita ao Zoo do CIGS (Centro de Instrução de Guerra na Selva)
- Encontro das águas dos Rios Negro e Solimões
- Um bate papo na Praia da Ponta Negra e uma visita ao Centro Cultural dos Povos da Amazônia.
- E é claro a aventura dos hotéis de selva, cruzeiros fluviais, voos panorâmicos e excursões para cachoeiras.

Os municípios de Presidente Figueiredo, Silves, Barcelos, São Gabriel da Cachoeira, Novo Airão, Iranduba e Manacapuru possuem empreendimentos de turismo de natureza, já Parintins tem seu atrativo anualmente na segunda quinzena de Junho, quando acontece o Festival Folclórico de Parintins, onde os Bois-bumbás Caprichoso e Garantido se apresentam em 3 noites de pura manifestação folclórica de raízes indígenas, esbanjando harmonia, energia e emoção.

Recomendamos:

- Beber água mineral, trazer roupas leves e confortáveis, calçados para caminhadas, óculos de sol, capa de chuva, lanterna, protetor solar e repelente.
- Vacinas de febre amarela e tétano para viagem por todo o Brasil (válidas por 10 anos e carência de 10 dias).
- Verifique se o Visto de Entrada no Brasil é requerido através da página para turistas do Governo Brasileiro, está suscetível a alterações. Em caso de dúvidas, entre em contato com os Consulados Brasileiros.


Para solicitação de serviços e reservas use: Planeje sua viagem

Topo

Index | Hotéis | Hotéis de Selva | Cruzeiros | Info & Reservas | English Version | Versión en Español
Todos os direitos reservados para Amazonas by Viverde, 1996/2014